Aprendizados valiosos que eu tive

De uns tempos pra cá, tive acesso a uma série de livros que me ajudaram demais a ir ajustando meu modo de pensar pra ter mais positividade e gratidão. Se o objetivo é alcançar uma vida mais simples, completa e organizada, isso tem começar de dentro pra fora e não o contrário.
Aprendi que os meus pensamentos tem poder.
Isso parecia absolutamente absurdo pra mim quando eu ouvi a primeira vez. Em parte, porque algumas frases já são tão usuais, a gente escuta tanto que parece que nosso cérebro começa entender como se a frase fosse uma coisa só e para de absorver o real significado de cada palavra. A gente perde a essência da mensagem. Mas eles realmente tem poder! Não só porque vamos atrair o que queremos se pensarmos nisso, você é livre pra não acreditar nisso se quiser. Mas existe uma coisa chamada Percepção Seletiva, que é a tendência que temos de ver e ouvir somente aquilo que nos interessa. Isso não se trata de um comportamento egoísta isolado, mas de uma particularidade natural do nosso sistema nervoso. Se focamos nosso pensamento naquilo que realmente queremos, inevitavelmente vamos perceber mais disso ao nosso redor. Tente!
Aprendi que preciso focar todas as minhas energias e todo o meu dinheiro naquilo que é importante pra mim, naquilo que me faz feliz, naquilo que eu desejo alcançar. “Ah vá, Mila! Sério? Todo mundo faz isso!” Não, não faz. Eu, sem perceber, não fazia. De vez em quando a gente se perde no caminho. Leia e releia esse parágrafo até isso entrar na sua cabeça e virar um hábito!
Aprendi que sonhos precisam virar objetivos com direito a lista de afazeres pra alcançar o tal sonho, orçamento de cada etapa, prazo determinado, e coerente, pra acontecer e muita dedicação pra que ele se realize. Sabe aquele empenho pra terminar um determinado trabalho porque o prazo está se aproximando e o chefe está no seu pé? Então, se dedique assim aos seus sonhos!
Aprendi que sou eu quem permito ou não se as opiniões alheias terão o poder de me colocar pra baixo. Que eu posso filtrar tudo o que ouço e vejo, e só absorver o que me faz bem e que não há nenhum problema em ignorar o que me faz mal.
“Nossa Mila, então você é a resolvida, a desprendida, o ser superior, a cara da sabedoria, a pica das galáxias?”
nao
O aprendizado não acaba nunca! Estou longe de ter tudo isso no automático, mas já andei um bom caminho. Preciso repetir várias dessas coisas pra mim mesma todos os dias e me sinto boba quando acabo fazendo exatamente o oposto do que eu já sei que é melhor pra mim. E não somos todos assim?
Bora lá crescer juntos?
Se identificou com os itens acima ou tem algum pra acrescentar que ensinou muito? Me conta nos comentários!!
Beijos!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s