Papinha de bebê saudável e prática

Olá, meus queridos!
Minha pequena já está na fase de introdução alimentar. Na verdade, já passou da fase da introdução, porque ela já almoça e janta há algumas semanas.
Uma coisa interessante quando o bebê começa a se alimentar, é que a gente fica toda empolgada, vai na feira, compra sacolas de legumes pra cozinhar e fazer a papinha e no fim das contas, no comecinho o bebê come o equivalente a uma colher de sopa. Só isso. Eu fiquei me imaginando cozinhando diariamente 25% de um legume e amassando pra Luna comer e já comecei a pensar se existiria uma forma mais fácil, claro rs. Então, vi que existem potinhos pequenos disponíveis no mercado com capacidade mais adequada à quantidade que o bebê come e que podem ser congelados! Se não deu pra perceber ainda, o congelador é meu grande aliado na cozinha! Faço e congelo meu tempero de alho e cebola Pra facilitar a rotina na cozinha e pra ter Salsinha e cebolinha sempre fresquinhos!
Bom, como o pediatra da minha filha recomendou que a gente evitasse dar aquelas papinhas prontas, eu tive que começar a preparar. E sabe de uma coisa? Eu preferi assim! No começo a Luna só almoçava, agora almoça e janta, então são 2 papinhas por dia. Financeiramente, se você colocar a dica que eu vou dar aqui na ponta do lápis e comparar com o valor de 14 papinhas prontas (2 por dia, 7 dias por semana), vai ver que a economia é absurda! Além disso, é mais saudável, sem dúvidas.
Antes de tudo, vale um esclarecimento: quando eu estava pesquisando e lendo sobre as papinhas, vi que oferecer os legumes individualmente, sem misturar tudo, ajuda a criança a apurar o paladar e reconhecer os alimentos. No começo eu fazia uma mistura mas, depois que comecei a oferecer os legumes individualmente, percebi que a Luna até aceitou melhor. Então, faço papinhas individuais de cada legume. Ah, e também vale colocar salsinha, cebolinha, cebola…os temperos são bem vindos!
Então, vamos ao passo a passo pra preparar as papinhas assim!
– Primeiro, eu descasco e corto os legumes em pedaços menores, só pra agilizar o cozimento mesmo;
– Cozinho na água e, depois que já estão molinhos, retiro o excesso da água, mas não tudo. Isso pra que a gente não jogue fora todos os nutrientes que ficaram na água e por que quando eu escorria bem, os legumes ficavam secos e muito sólidos e a Luna teve um pouco de dificuldade pra comer;
– Depois disso, na panela mesmo, uso o mixer pra deixar os legumes na consistência de purê;
– Separo uma pequena quantidade nos potinhos e levo pro congelador.
Pronto!
Esses potinhos que eu comprei vem num conjunto com 10 unidades, mas como a Luna ainda come pouco e às vezes não acaba com um potinho inteiro, eu coloco a sobra na geladeira, e dou na próxima refeição.
Pra vocês terem uma ideia, uma batata média, que cabe na palma da mão, vai encher pela metade 4 a 5 potinhos, que é mais ou menos o que ela come. Se você fizer como eu, cozinhar 3 legumes diferentes cada um na quantidade que enche uma mão, vai ter no mínimo 10 porções no congelador. Assim, dá pra fazer a papinha do bebê só uma vez na semana!
Ah, e uma dica extra que funciona aqui: quando a gente sai pra passar o dia na casa de alguém, dá pra pegar o potinho do congelador, enrolar num papal alumínio e colocar na bolsa dela. Na hora do almoço ele vai estar descongelado e é só dar uma aquecidinha do micro-ondas!
E ai mamães, gostaram da dica? Me conta se funcionou pra vocês!
Beijos!

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Papinha de bebê saudável e prática

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s