Digitalize tudo!

Olá, meus queridos!

Já estamos do 5º post da série “organizando tudo” =D

Você viu os posts anteriores? Se não viu, veja! É só clicar nos links aqui embaixo que os posts vão abrir numa nova janela pra você:

E hoje vou pegar o gancho do dia que falei pra vocês sobre o Evernote e falar sobre um pequeno hábito que tem me ajudado bastante: digitalizar.

Digitalizar é transformar em arquivo digital tudo o que era físico. Algumas coisas nós poderemos digitalizar e descartar, eliminando assim muito papel da nossa vida, outras coisas vamos digitalizar pra facilitar a nossa vida, mas ainda precisamos manter o original em papel. Quer um exemplo de cada um? Vamos lá!

Cartões de visita ou folhetos – quando você vai em algum estabelecimento ou vai contratar algum serviço, você não precisa necessariamente guardar a versão em papel do cartão ou folheto de serviços desse lugar. Você pode fotografar e guardar em um local seguro que facilite a busca e a visualização quando você precisar dessa informação e o Evernote te permite fazer isso muito bem. Sendo assim, para cartões de visita ou folhetos, nós podemos fotografar e descartar o original em papel.

Documentos – quantas vezes quando vamos fechar um contrato de serviços ou começar a trabalhar numa nova empresa e precisamos enviar nossa documentação? Todas as vezes, né? Então, se já tivermos tudo digitalizado e salvo em um local seguro, podemos apenas encaminhar nossos documentos em vez de sair correndo pra tirar cópia e ter que ir até o local entregar. O envio de documentos tem sido bem aceito ultimamente, eu não lembro qual foi a última vez que tive que tirar cópia deles e entregar em mãos. De qualquer forma, vale a pena perguntar se a pessoa ou empresa com quem você está tratando aceita que os documentos sejam enviados em vez de copiados e levados em papel. Documentos são documentos, então, nós podemos digitalizar mas temos que manter o original guardado.

Esses foram só dois exemplos distintos mas eu não chamei a digitalização de “hábito” na minha vida à toa. Todo o papel que pego na mão é avaliado pra ver se posso digitalizar e descartar a versão em papel. Se posso, faço isso na hora pra não ter que ter uma pilha de “depois eu vejo” bagunçando minha mesa. Se não, já guardo o papel em questão na minha pasta arquivo. Olha ela aqui na foto! Esse é o espaço que tudo o que eu tenho em papel ocupa na minha vida:

 

 

Olha esse retângulo branco da segunda imagem: é o espaço que minha pasta arquivo ocupa na prateleira. Digitalizem queridos!!

Qual a vantagem da digitalização?

Menos pastas para armazenar papéis, o que resulta em menos itens pra limpar, arrumar e organizar, o que vai te proporcionar mais tempo livre e mais espaço disponível! Lindo não? =D

Clique aqui pra ir pro post que fiz sobre o Evernote e veja se essa ferramenta se encaixa na sua vida tanto quanto se encaixa na minha. E aproveita pra ver o post Organizando fotos digitais que tem tudo a ver com esse tema!

Dúvidas e comentários? Deixa aqui embaixo, vai!

Beijos!
Anúncios

4 comentários

  1. […] O Evernote já foi citado aqui no blog diversas vezes, basicamente todas as vezes que eu escrevo para vocês sobre organização digital. Já contei pra vocês como faço meu Bullet Journal nele, em outra série de posts que você pode começar a ler por este aqui, também falei sobre a importância de usar uma categorização na hora de se organizar, chamada taxonomia, neste post aqui, e também usei o Evernote como referência para a digitalização e armazenamento de toda a papelada, neste post aqui. […]

    Curtir

Deixe uma resposta para Aprenda a usar o Evernote – Mila Bueno Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s