Sherlock Holmes só aprende o que precisa!

Olá, meus queridos!

Sherlock
Eu sou muito fã da série Sherlock, da BBC, que foi adaptada dos contos de Sir Arthur Conan Doyle para uma série de tv que se passa nos dias atuais e tem uma característica muito interessante que me chama a atenção no personagem principal. Sherlock Holmes só aprende o que precisa e faz questão de esquecer o que não precisa.

Ele sabe tudo sobre química, tem um bom conhecimento prático das leis inglesas, uma habilidade enorme com boxe e esgrima e…não sabia que a Terra gira em torno do sol!
E olha o que ele respondeu ao Dr. Watson ao ver a surpresa estampada no rosto dele quando soube que Sherlock não sabia como é o sistema solar:

Sherlock-3-sherlock-on-bbc-one-blogmilabueno

“Considero o cérebro de um homem como sendo inicialmente um sótão vazio, que você deve mobiliar conforme tenha resolvido. Um tolo atulha-o com quanto traste vai encontrando à mão, de maneira que os conhecimentos de alguma utilidade para ele ficam soterrados, ou, na melhor das hipóteses, tão escondidos entre as demais coisas que lhe é difícil alcançá-los. Um trabalhador especializado, pelo contrário, é muito cuidadoso com o que leva para o sótão da sua cabeça. Não quererá mais nada além dos instrumentos que possam ajudar o seu trabalho; destes é que possui uma larga provisão, e todos na mais perfeita ordem. É um erro pensar que o dito
quartinho tem paredes elásticas e pode ser distendido à vontade. Segundo as suas dimensões, há sempre um momento em que, para cada nova entrada de conhecimento, a gente esquece qualquer coisa que sabia antes. Consequentemente, é da maior importância não ter fatos inúteis ocupando o espaço dos úteis. (…)  Você diz que giramos em torno do Sol. Se girássemos em volta da Lua, isso não faria a menor diferença para o meu trabalho.”
Parafraseando Sherlock: não ocupe a sua cabeça com aquilo que não é útil pra você.

A internet nos trouxe uma enxurrada de conhecimentos à um clique de distância e isso é maravilhoso! Podemos ter acesso à muito conteúdo relevante pra nós, que nos faz crescer, que nos faz evoluir, que nos diverte. E agora vem meu link entre o aprendizado vindo de Sherlock Holmes com a organização.

Organize suas fontes de aprendizado e inspiração. Os canais que você segue no Youtube, as páginas que você acompanha no Facebook, as pessoas que você segue no Instagram, os sites que você se cadastra pra receber material por email. Tudo isso está indo de encontro a quem você e ao que você realmente gosta? Está te fazendo crescer e se divertir de forma saudável ou está te fazendo passar raiva, lotando sua caixa de emails de forma que coisas relevantes se perdem, te fazendo perder tempo e te colocando frente a imagens que tiram seu foco dos seus objetivos? O processo de visualização, de ficar vendo o que a gente quer alcançar mesmo, nos mantém no foco (dá uma olhada nesse post). Então, reavalie se o que você está vendo está alinhado com seus sonhos!

Foque no que te faz feliz!

E vai ver o que a gente pode aprender sobre foco com a Mulher Maravilha clicando aqui.

Beijos!
Anúncios

2 comentários em “Sherlock Holmes só aprende o que precisa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s