O que acontece depois que seus hábitos de compra se tornam minimalistas?

Olá, meus queridos!

Quando eu falo sobre MINIMALISMO sempre falo sobre viver com menos e isso impacta diretamente em nossos hábitos de compra. A gente DESAPEGA, mas corre o risco de deixar mais coisas entrarem pra construir de novo o montinho dos excessos, a não ser que nossos hábitos de compra também sejam minimalistas, certo?

O processo começa pelo descarte, passa pela organização e termina nos nossos hábitos de compra. Isso vira um ciclo onde uma etapa dá respaldo para a outra e quando a gente pega o jeito da coisa, a tralha não se instala mais.

Quer saber qual o ciclo?

Olha só:

Você aprecia mais o que já tem

Isso começa no processo de descarte. Na hora de selecionar o que fica e o que vai, nós já usamos o critério da apreciação: só fica o que é importante pra mim, o que eu gosto muito, o que me faz sentir bem.

Nada mais natural que, depois que o descarte foi feito e as coisas foram organizadas, a gente aprecie muito mais tudo o que possui.

Você fica mais seletivo quanto ao que deixa entrar na sua vida

Tanto quanto ao que compramos quanto ao que ganhamos de presente. Se seus looks estão todos funcionando, você não compra qualquer coisa só porque está na promoção. E quando você ganha alguma peça de presente, não se sente na obrigação de usar porque ganhou. Se com o tempo essa peça não der certo, você se sente livre pra se desfazer dela.

Você fica com os olhos treinados para identificar quais novas aquisições vão funcionar com o que você já tem

MEU DEUS! Olha esse sapato MA-RA-VI-LHO-SO com salto agulha, dourado, com pedrinhas… CALMA! Eu já tenho um salto igualmente lindo, em ótimo estado, que me serve muito bem e combina com todos os meus vestidos. E pra falar a verdade, não tenho tantas ocasiões assim onde uso salto para justificar ter mais um par. O que está fazendo falta para o meu estilo de vida agora é um tênis. Beijo sapato MA-RA, vou para o setor dos tênis.

Simples assim. Captou a ideia?

Você para de comprar lembrancinhas e cacarecos cada vez que entra em uma loja

Viagem. Você está numa lojinha de suvenir cheia de canetas, chaveiros, camisetas e canecas com o tema local. No passado, compraria um de cada e por mais que você jurasse pra você mesma que usaria tudo, todos acabariam no fundo de uma caixa. Hoje, você prefere levar apenas um item de lembrança dessa viagem ou – pasme – somente as fotografias. Você não traz excessos para sua vida e escolhe algo que pode ser exposto e, assim, te trazer a alegria de mais uma viagem realizada a cada vez que você olhar. Tem um post dedicado somente a expor as coisas importantes, clique aqui para ver.

Você começa a substituir ao invés de somente acrescentar

Beleza, o processo de descarte e organização foram feitos e a gente ama tudo o que tem. Isso significa que nunca mais vamos comprar nada? Não! Significa apenas que quando uma coisa entra, outra sai. Se o sapato MA-RA te conquistar de uma forma avassaladora e funcionar ainda melhor na montagem dos seus looks do que o sapato que você já tem, você, tranquilamente, deixa o sapato antigo ir embora para dar lugar ao novo.

E a organização se mantém, e você sempre aprecia o que tem e, consequentemente, continua seletivo quanto ao que deixa entrar na sua casa… e a roda vai girando.

Não é a toa que nossos hábitos de compra tem esse nome. São hábitos e, como tal, demoram pra se instalar quando a gente decide mudar então, tenha paciência com você mesmo se ainda compra algumas coisas por impulso.

Um abraço e até semana que vem 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s