Como se organizar pra acompanhar suas séries preferidas – especial Game of Thrones

Olá, meus queridos!

A 7ª temporada de Game of Thrones será lançada em exatos 16 dias!! Sabe como eu sei dessa informação? Não foi pelas redes sociais nem garimpando sites que fossem confiáveis na web, não. Vem ver como!
7-temporada-game-of-thrones
Não sei se eu já falei isso em algum post por aqui mas, se falei, vou me repetir: organização é crucial. Ser apaixonado por organização, não.

Ah, falei sim! No post O que faz uma personal organizer e como saber se você precisa de um. Vai lá dar uma avaliada na sua necessidade e, se perceber que está precisando de uma força, me contrate!

Agora, o que isso aí tem a ver com se organizar pra não perder o lançamento das séries? Vou te responder: no post de hoje vou te apresentar um app que vai ser o personal organizer das séries! Ele vai organizar tudo pra você de acordo com as suas preferências e te mostrar quando os lançamentos vão acontecer pra que você não fique perdido caçando essas informações. Legal né?

O app é o TV Time, que está disponível pra IOS, Android, facebook, site próprio, Apple TV, Chromecast, ou seja, tem para o celular, para o PC, para a TV…se mandar sinal de fumaça acho que eles mandam as informações das séries também, gente!
Brincadeiras a parte, ele é um app bem completo que eu uso há um tempinho e que te permite receber notificações sobre suas séries baseado nas informações que você pré definiu nele. Dá pra marcar o que você já viu, acompanhar o que já está disponível e quando as próximas temporadas serão lançadas.
Você se conecta nele com o facebook e ele também funciona como uma espécie de rede social.
Tem uma série de funcionalidades e a interface é bem simples de usar.
tvshowtime
Se você quer mas simplicidade e organização, use e abuse dos facilitadores da vida!

Aplicativos como esse, que organizam algum aspecto da sua vida pra você, colocando as coisas no piloto automático. Quando o aplicativo te notifica do que precisa ser feito, libera bastante espaço mental porque te faz ficar tranquilo e menos ansioso, afinal, você sabe que não vai perder nada porque não está desesperado caçando a informação!

Agora, pra terminar, momento “plaquinha da vergonha”: eu não gostava de Game of Thrones. Vi o primeiro episódio há muito tempo, não gostei e vivia dizendo que a série era ruim. Tudo bem, podem me julgar. Mas não tanto porque depois de muita insistência de alguns amigos e do meu irmão, dei mais uma chance pra série e vi o que eu estava perdendo! Muita obrigada gente, serei eternamente grata! 😉

Se você já usa o app, me procura por lá: Mila_Bueno

 

 
Beijos!
Anúncios

2 lições sobre organização vindas de Sheldon Cooper

Olá, meus queridos!

Bora lá se inspirar em personagens e atividades que gostamos para fixar na mente alguns conceitos de organização?

Hoje é especial para os fãs de The Big Bang Theory!

Foi da minha relação de amor e ódio pelo Sheldon que surgiu esse post, porque apesar dos pesares, ele é máster mega organizado e quem acompanha a série sabe que esse “máster mega” não foi exagero da minha parte.

Então vamos lá!

Sheldon gasta dinheiro com aquilo que é importante para ele
Sheldon-comic-book-store
Cada um de nós gosta de uma coisa diferente, tem sonhos diferentes e objetivos diferentes. Sendo assim, nossas intenções de compra também variam.

Pode parecer superficial gastar tanto com “revistinhas” e coisas “geek” mas para ele é importante, então é com isso que ele gasta.

E lembre-se: ele gasta com o que gosta em detrimento do que não gosta.

Quer um exemplo interessante disso? Vamos criar uma histórinha aqui.
Eu não tenho carro e não pretendo ter um tão cedo mas para você é crucial ter seu automóvel então, pra mim, ter um carro é muito caro e, pra você andar de Uber é que é caro. Mas a gente senta, faz as contas e descobrimos que eu gasto todo o mês R$500 com Uber e, você, R$500 com seu carro. Percebe que a mesma quantia está sendo debitada da nossa conta? Percebe que não é caro ter um carro ou andar de Uber, é apenas uma questão de definir o que queremos mais e focar nisso? Se a gente for focado, vai descobrir formas de economizar no nosso meio de transporte, seja ele qual for.
Sendo assim, se a gente priorizar o que realmente quer, não precisa ganhar milhões, pode simplesmente gastar apenas com o que quer. Parece óbvio, mas na prática, não é.
Sheldon Cooper vai até a comic book store semanalmente pra verificar as novidades e manter sua coleção atualizada e isso nos leva para a próximo conceito de organização.

Sheldon tem uma rotina
sheldon-incomodado-S04E02
 
E quando alguma coisa acontece que o impede de seguir essa rotina ele fica profundamente incomodado e chega até a fazer coisas bizarras pra conseguir seguir o planejado, como o dia em que ele estava doente e quis continuar fazendo as tarefas do dia a dia como um robô!

Ok, isso é extremo demais, mas ter uma rotina é importante.

Por favor, pare de achar que ter rotina é chato e impede a espontaneidade!

 

Disciplina é liberdade
Nem sempre você estará motivado, é por isso que precisa aprender a ser disciplinado
Tem dois posts falando sobre rotina aqui no blog, vou deixar os links aqui embaixo, então vai lá dar uma olhadinha e incorpore os conceitos na sua vida. Coisas que já viraram hábito e funcionam no piloto automático, não exigem que você pense para executa-las e, assim, liberam espaço na sua mente para que você se concentre no que realmente precisa. Você sabe como se formam os hábitos e como modifica-los?

Clique aqui e vem ver como eu aprendi!

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje e, como sempre, me contem aqui nos comentários o que acharam.
Beijos!

Sherlock Holmes só aprende o que precisa!

Olá, meus queridos!

Sherlock
Eu sou muito fã da série Sherlock, da BBC, que foi adaptada dos contos de Sir Arthur Conan Doyle para uma série de tv que se passa nos dias atuais e tem uma característica muito interessante que me chama a atenção no personagem principal. Sherlock Holmes só aprende o que precisa e faz questão de esquecer o que não precisa.
Ele sabe tudo sobre química, tem um bom conhecimento prático das leis inglesas, uma habilidade enorme com boxe e esgrima e…não sabia que a Terra gira em torno do sol!

E olha o que ele respondeu ao Dr. Watson ao ver a surpresa estampada no rosto dele quando soube que Sherlock não sabia como é o sistema solar:

Sherlock-3-sherlock-on-bbc-one-blogmilabueno

“Considero o cérebro de um homem como sendo inicialmente um sótão vazio, que você deve mobiliar conforme tenha resolvido. Um tolo atulha-o com quanto traste vai encontrando à mão, de maneira que os conhecimentos de alguma utilidade para ele ficam soterrados, ou, na melhor das hipóteses, tão escondidos entre as demais coisas que lhe é difícil alcançá-los. Um trabalhador especializado, pelo contrário, é muito cuidadoso com o que leva para o sótão da sua cabeça. Não quererá mais nada além dos instrumentos que possam ajudar o seu trabalho; destes é que possui uma larga provisão, e todos na mais perfeita ordem. É um erro pensar que o dito
quartinho tem paredes elásticas e pode ser distendido à vontade. Segundo as suas dimensões, há sempre um momento em que, para cada nova entrada de conhecimento, a gente esquece qualquer coisa que sabia antes. Consequentemente, é da maior importância não ter fatos inúteis ocupando o espaço dos úteis. (…)  Você diz que giramos em torno do Sol. Se girássemos em volta da Lua, isso não faria a menor diferença para o meu trabalho.”
Parafraseando Sherlock: não ocupe a sua cabeça com aquilo que não é útil pra você.

A internet nos trouxe uma enxurrada de conhecimentos à um clique de distância e isso é maravilhoso! Podemos ter acesso à muito conteúdo relevante pra nós, que nos faz crescer, que nos faz evoluir, que nos diverte. E agora vem meu link entre o aprendizado vindo de Sherlock Holmes com a organização.

Organize suas fontes de aprendizado e inspiração. Os canais que você segue no Youtube, as páginas que você acompanha no Facebook, as pessoas que você segue no Instagram, os sites que você se cadastra pra receber material por email. Tudo isso está indo de encontro a quem você e ao que você realmente gosta? Está te fazendo crescer e se divertir de forma saudável ou está te fazendo passar raiva, lotando sua caixa de emails de forma que coisas relevantes se perdem, te fazendo perder tempo e te colocando frente a imagens que tiram seu foco dos seus objetivos? O processo de visualização, de ficar vendo o que a gente quer alcançar mesmo, nos mantém no foco (dá uma olhada nesse post). Então, reavalie se o que você está vendo está alinhado com seus sonhos!

Foque no que te faz feliz!

 

E vai ver o que a gente pode aprender sobre foco com a Mulher Maravilha clicando aqui.

Beijos!