Mala de viagem minimalista

Estou em clima de viagem e querendo compartilhar com vocês tudo que está funcionando pra mim na hora de organizar as malas.

Já escrevi aqui no blog sobre fazer e desfazer as malas sob o ponto de vista da organização de tudo o que vai nela e, hoje, quero falar sobre outro ponto de vista, sobre montar uma mala de viagem minimalista.

Lembram do texto em que eu falei sobre o que é o minimalismo pra mim (clique aqui se ainda não leu)? Vamos começar adaptando esses conceitos minimalistas para a montagem da mala.

Se minimalismo é sobre foco no que é importante, eliminando os excessos, podemos dizer que montar uma mala de viagem minimalista é focar no que realmente é importante ser levado para o seu destino, eliminando tudo o que tem grandes chances de ir e voltar sem ser nem tocado, os famosos excessos.

Na hora de focar no que é realmente importante, existe um caminho que vai facilitar essa linha de raciocínio, algumas perguntas que você irá fazer pra você mesmo na hora de planejar sua viagem e que vão ter impacto direto na hora de montar a mala.

Olha só as 2 questões que eu costumo considerar:

  • Quais atividades eu vou mesmo fazer no meu destino e o que eu preciso levar pra fazê-las confortavelmente? Vou a alguma festa ou evento? Vou fazer trilhas ou caminhadas?
  • Como vai estar o tempo? Se a gente vai pra praia, já pensa nos biquínis e chinelos, se vai para o campo, já pensa em calçados fechados, mas, mais que isso, é importante reparar na época do ano e em como está o tempo lá. Se conhece alguém que mora no lugar do seu destino de viagem, pergunte se tem chovido ou se tem feito muito sol.

Essas 2 perguntas nos levam a pensar somente no que vamos usar e parar de encher a mala de itens que pertencem à categoria “vai que eu preciso”.

viagem-minimalista-blog-mila-bueno

E uma dica extra pra você: elimine o máximo de volume que você puder. Ao invés de levar um pote de tamanho padrão de shampoo, coloque um pouco do produto em um potinho menor. Use toalhas esportivas, daquelas que ocupam um espaço mínimo. Confine suas coisas em necessaires, que vão ficar daquele mesmo tamanho dentro da mala sem esparramar para os lados e enroscar nas demais coisas na hora de tirar da mala.

Pense que o trajeto também faz parte da viagem e que você não precisa ir desconfortável e cheio de bagagens nos braços ou nos bancos do carro, incomodando pelo peso ou tomando o seu lugar na hora de sentar.

Fiz uma viagem recentemente com meu marido e minha filha de ônibus, com 5 dias de duração, para o litoral e esse é um exemplo interessante da frase acima.

A Luna ainda quer colo com frequência quando estamos na rua e ela já está pesada. Carregar a bagagem + bolsa + brinquedos e por aí vai é bastante desconfortável. Além disso, no ônibus de viagem, a gente sempre tira um cochilo e quer poder esticar as pernas e recostar o assento. Não dá pra fazer isso direito se estivermos carregando um monte de coisas.

Então, lancei um desafio para nós nessa viagem: levar tudo o que poderíamos precisar em apenas 2 mochilas. Sem a minha bolsa, sem sacolinhas, sem nada além das 2 mochilas.

E assim fizemos.

E deu certo!

mala-de-viagem-blog-mila-bueno
Nossa bagagem nessa última viagem!

2 adultos e 1 criança por 5 dias na praia com apenas 2 mochilas e nada mais foi um feito e tanto e uma das decisões que tornou isso possível foi deixar pra comprar fraldas descartáveis e algumas comidas no nosso destino ao invés de levar de casa. Nós nunca tínhamos feito uma bagagem tão enxuta assim e eu percebi que não só é possível como também muito mais confortável. Quando eu estava arrumando a mala da volta, percebi que tinha até alguns excessos e que, na próxima viagem, poderei deixar as malas um pouco mais folgadas.

Outro detalhe que nos ajudou bastante foi levarmos sacolinhas retornáveis, daquelas que dobram e se encaixam em um saquinho pequeno, pra trazermos as sobras das fraldas e achocolatado que compramos para a Luna, assim como comprinhas que fizemos por lá.

O que você achou dessa ideia? Topa entrar nesse desafio de fazer uma mala enxuta na próxima viagem? Me conta aqui nos comentários!

Como desafazer a mala da viagem

O post de hoje é em resposta a um pedido de vocês:

Mila, faz um texto sobre como organizar as mochilas e malas pós viagem? Tá F*

Tá difícil desfazer as malas sem ficar desanimado? Então, bora simplificar essa tarefa!

Só de a gente pensar em viajar, uma empolgação já começa a surgir. Planejar a viagem é uma delícia – pensar em tudo o que vamos conhecer e fazer no nosso destino, contratar o transporte, a hospedagem, as atividades – e quando chega o dia da viagem em si, a gente aproveita muito e até esquece de qualquer questão que tínhamos pra resolver, porque a gente deixou esse tipo de coisa lá na cidade de origem.

Agora, fazer e desfazer as malas acaba sendo a parte chata no meio de toda essa alegria da viagem, um fardo pra muita gente. Mas não precisa ser.

Dá pra simplificar bastante esse processo e eu vou te explicar como com somente 2 instruções.

Vamos lá?

1. Desfaça as malas o quanto antes

Pelamordedeus, não deixe os calçados sujos de terra e as roupas úmidas “marinando” na mala por dias.

Escuridão + umidade + calor = maternidade de microorganismos que vão deteriorar suas peças e sua mala deixando um mau cheiro de lembrança. Então, desfaça as malas o quanto antes, de preferência, no mesmo dia da volta.

Dica de ouro: comece esvaziando a mala. Tire tudo. Não deixe nada nela.

Lembram do saco para roupas sujas que eu mencionei no post Organizando a mala de viagem? Aqui é que ele vai facilitar muito a sua vida: tudo o que está sujo vai estar no mesmo lugar. Você vai abrir a mala, tirar esse saco e levar direto para o cesto de roupas sujas. Tudo o que sobrou na mala está limpo e pode ser guardado.

Pronto! Você já eliminou o processo de selecionar peça por peça pra saber o que está sujo e o que está limpo. E se você seguiu a dica dada aqui sobre categorizar todos os itens da sua mala em necessaires, vai poder pegar uma por uma e levar com você pelo quarto pra colocar tudo de volta no lugar.

Percebeu que, a maioria das coisas que serão colocadas de volta no lugar, são as que você acabou não usando na viagem?

Então, aqui vai uma dica de ouro extra: comece a prestar atenção na sua mala, tanto na hora de fazer quanto na hora de desfazer, e observe o que pode ser melhorado para a próxima viagem. Será que tem algo que você sempre leva acreditando que vai usar e nunca usa? Ou, quem sabe, a quantidade de peças de vestuário estimada para uso no seu destino está um pouco fora da realidade.

O que pode ser feito para fazer uma mala mais inteligente na próxima viagem?

Sempre faça essa pergunta pra você mesmo e, cada vez mais, a quantidade de peças limpas nas necessaires, que precisarão ser guardadas, vai diminuir, assim como o tempo gasto colocando tudo de volta no lugar. E, é para as coisas que, inevitavelmente, precisarão ser guardadas porque vão na mala em todas as viagens, que tenho uma segunda dica.

2. Defina uma caixa de itens de viagem

Vou mostrar a minha pra vocês, aqui embaixo. Um dia, ela não foi uma caixa mas, sim, um monte de itens aleatórios jogados dentro de uma mala grande que fica em cima do guarda roupas, assim, bem fácil de acessar quando eu vou fazer uma viagenzinha de um dia só, né? Como isso não funcionava, esse monte-de-itens-aleatórios-jogados-dentro-de-uma-mala migrou para uma caixa, que fica junto com as caixas de sapatos – bem mais acessível – e foi organizada com tudo o que eu fui percebendo que uso nas viagens.

Na hora de fazer a mala, desço essa caixa e deixo ela aberta em cima da cama até finalizar a mala.

Na hora de desfazer a mala, faço o mesmo, o que evita que eu esvazie as necessaires e jogue elas num canto ou deixe os acessórios da viagem jogados numa cadeira pra guardar depois.

caixa-de-viagem-blog-mila-bueno
Siga a seta. Tá vendo uma parte vazia? Essa parte pertence ao que estava sujo ao desfazer a mala da última viagem.

Se você definir uma rotina de montagem e desmontagem da mala, esses processos vão entrar no piloto automático, você vai criar um hábito.

Aí vai um passo-a-passo pra você se inspirar.


Fazendo a mala

Descer a caixa de itens de viagem ➤ definir o conteúdo da mala ➤ colocar tudo separado nas necessaires  ➤ colocar tudo na mala ➤ fechar a mala ➤ guardar a caixa


Desfazendo a mala

Descer a caixa de itens de viagem ➤ tirar tudo da mala ➤ separar saco de roupas sujas para levar no cesto  ➤ esvaziar necessaires ao colocar tudo no lugar ➤ guardar necessaires e acessórios de viagem na caixa ➤ guardar caixa ➤ guardar mala

Ah, e eu não posso deixar de te lembrar: antes de guardar a mala, verifique se ela não está suja ou úmida. Se estiver suja, passe um pano úmido com algumas gotas de vinagre branco no interior e exterior dela. Não se preocupe, sua mala não vai ficar com cheiro de salada, vai é ficar livre de maus odores e de microorganismos que estejam tentando se instalar nela. Depois dessa limpeza ou se estiver úmida, deixe aberta pra secar completamente.

Você tem mais alguma dica pra desfazer a mala de viagem? Conta pra mim nos comentários!

Como organizar a mala de viagem

O final do ano chegou minha gente! Essa época gostosa de comemoração e reunião da família em que geralmente alguém tem que colocar o pé na estrada, né? Pois bem, se esse ano quem vai fazer isso é você, tenho umas dicas bacanas pra ajudar a colocar tudo o que você precisa na mala e, principalmente, encontrar tudo o que você levou e não deixar de usar nada porque o item se perdeu na mala ou aconteceu um acidente com os produtos de higiene que deixou todas as suas roupas melecadas de shampoo antes de chegar ao destino!

Eu uso todas as dicas que vou compartilhar com vocês quando vou montar minha mala então elas são testadas e aprovadas. Uma regra geral é: categorize sua mala. Nada de ir jogando tudo lá dentro aleatoriamente e precisar tirar várias peças, que já estão amassadas, pra encontrar alguma coisa que ficou jogada no fundo.

Como?

Aí vai:

Use suas necessaires

Antes de aprender essa dica eu costumava usar as necessaires somente pra itens de higiene ou bijus, nunca pra roupas mas, não é que funciona?

Quando ganhei minha filha e montei a mala da maternidade, separei as calcinhas e sutiãs de pós parto todos numa necessaire e os itens de higiene em outra. Na hora do banho, quando precisava que meu marido trouxesse as coisas pra mim, só pedia “Amor, me traz a necessaire bege e a rosa!” e pronto, estava tudo ali separadinho. Facilitava pra mim e pra ele. Então use e abuse das necessaires paradas no armário na hora de montar a mala!

Olha só alguns exemplos do que você pode colocar nelas:

  • calcinhas e sutiãs;
  • biquínis;
  • Itens de banho;
  • Itens de higiene que não são usados no banho como hidratantes pra o corpo e pra o rosto, protetor solar, desodorante, perfume;
  • Remédios;
  • Bijuterias;
  • Elásticos de cabelo, presilhas, pente, escova;
  • Cabos e carregadores do celular, da máquina fotográfica, de tablet, de notebook, fones de ouvido;
necessaires
Amo necessaires!

Tenha um saco para as roupas sujas

Na hora de montar a mala, coloque esse saco por cima de tudo. Logo que chegar ao seu destino, tire esse saco da mala e vá colocando todas as roupas sujas nele, conforme forem sujando. Na hora de ir embora, é só fechar o saco e colocar na mala. Se você ficar hospedado em hotel, pendure esse saco na porta do banheiro. Se estiver sendo recebido na casa de alguém, deixe bem acessível junto com as suas malas.

saco-lavanderia

Além das necessaires, existem os organizadores de mala, já ouviu falar?

Para as roupas e sapatos existem organizadores de mala pra separar os itens da forma que você preferir. É muito melhor pegar um saco com tudo separado do que se perder em itens soltos na mala. Eu uso tanto as necessaires quanto os organizadores de mala de viagem, de acordo com o item que quero categorizar.

Você fará muitas compras nessa viagem?

Compras a gente sempre faz né, mas pensar no quanto e no quê vai comprar também te ajuda na hora de montar a mala. Se você pretende comprar roupas lá, leve o mínimo possível daqui. Lembre-se que se você estiver viajando de avião, paga pelo excesso de bagagem, então se na ida estiver ocupando menos de 50% do interior da sua mala, vai aumentar as chances de poder voltar com ela lotada sem pagar a mais por isso!

Na mesma linha de raciocínio acima, considere se você pretende comprar uma mala quando chegar ao seu destino.

Comprar somente pra dar conta da quantidade de itens a serem trazidos e depois deixar uma das malas que você tem ocupando espaço no armário, sem uso, é um erro que eu mesma já cometi, então agora, se sei que farei muitas compras já levo isso em consideração. Se estou satisfeita com a qualidade e quantidade das malas que já tenho, levo uma bolsa grande ou uma mala menor dentro de outra mala maior, poucos itens de uso pessoal, e então não preciso comprar outra pra acomodar todas as compras.

Quem já teve um acidente com uma embalagem de qualquer líquido na mala levanta a mão!

Eu levanto as duas! Foi aí que aprendi uma dica muito bacana: abrir as embalagens, colocar um pedaço de plástico filme e fechar novamente. Isso impede que os líquidos vazem independente do sistema de abertura do frasco.

  • Mais algumas considerações importantes:
    • Tem algum item que você vai levar que precisa de benjamim pra ir pra tomada na sua casa? Considere levar o benjamim na viagem também;
    • Vai precisar lavar biquínis ou roupas íntimas no chuveiro? Considere levar um frasco com sabão;
    • Está viajando com bebês ou crianças pequenas? Considere levar um frasco com detergente e as escovas específicas para lavar as mamadeiras, copinhos, pratinhos e demais itens de alimentação na pia do banheiro do hotel;
    • Vai viajar de avião? Existe uma opção pra embalar sua mala e evitar danos no exterior dela. Envolva sua mala com plástico filme na ida e leve um rolo na mala para embalar na volta. Já fiz isso e funcionou muito bem, além de ser bem mais em conta do que embalar no aeroporto.
    • A viagem vai ser longa? Não se esqueça de carregar todos os seus itens eletrônicos na noite anterior, inclusive o carregador portátil, caso você tenha. Eu tenho e ajuda bastante a não ficar sem bateria quando a viagem vai ter muitas horas de duração.

Ter a mala de viagem organizada ajuda demais a não perder tempo nem na montagem da mala nem na hora de usar as coisas no seu destino. Na volta, também agiliza pra desfazer a mala porque você sabe de cara quais roupas vão pra máquina de lavar e quais vão pra gaveta, por exemplo.

Essas foram as técnicas que eu uso!

Compartilhem com todos que você sabe que vão viajar nesse final de ano e me conta aqui embaixo se você tem alguma dica que funciona super pra você!